Hoje em dia, os indivíduos têm uma rotina corrida e deixam de lado hábitos essenciais, como alimentação saudável e prática de exercícios físicos para se dedicarem mais ao trabalho e outras atividades. Porém, quando esquecemos de olhar com autocuidado para a nossa saúde, iniciamos uma desregulação hormonal em nosso organismo. Com a cobrança social, seja no trabalho, seja em casa, inicia-se, portanto, um quadro de estresse mediado pelo hormônio cortisol.

O cortisol é um hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais e estão localizadas acima dos rins. O cortisol equilibrado ajuda o organismo:  

-Controlar o estresse,

-Colabora para o bom funcionamento do sistema imune,

-Contribui para o controle dos níveis de açúcar no sangue e também da pressão arterial,

-Reduz o risco de inflamação do corpo,

-Diminui quadros de ansiedade e fadiga.

O hormônio cortisol varia de nível ao longo do dia.  Como exemplo, geralmente, esse nível é maior pela manhã ao acordar, de 5 a 25 µg/dL, e depois diminui ao longo do dia para valores menores que 10 µg/dL. No caso de quem trabalha à noite esse quadro se inverte.

O excesso de cortisol pode alterar a permeabilidade intestinal e a sua microbiota (bactérias). Associado a ingesta de alimentos tipo “fast-foods”, pelo curto espaço de tempo, inicia-se uma inflamação crônica mediada pelo estresse. Um fato é que a sua flora intestinal é a responsável pela produção de um hormônio que proporciona bem-estar e felicidade. A partir do aminoácido L-triptofano é sintetizada a Serotonina. Quando se altera a microbiota, é diminuída então esta produção.

Por isso, a sensação de bem-estar diminui e se perpetua o estresse, insônia e até mesmo ansiedade. Logo, o passo inicial para controle disso tudo é não esquecer as práticas fundamentais, como alimentação, sono, cuidados com o intestino e prática de exercício físico. Já a diminuição do cortisol sangue pode levar a quadros depressivos e de fadiga.

O controle do estresse mental é muito importante. Alguns estudos indicam que práticas como Yoga e Meditação podem auxiliar na redução de hormônios que participam da ativação da inflamação por estresse.

A felicidade só é plena quando existe saúde. Que tal praticar isto em sua vida? Vamos começar hoje mesmo a ter mais autocuidado! Vamos meditar? Fazer atividade física?

Seja a sua melhor versão

Rafael Coelho

Hoje em dia, os indivíduos têm uma rotina corrida e deixam de lado hábitos essenciais, como alimentação saudável e prática de exercícios físicos para se dedicarem mais ao trabalho e outras atividades. Porém, quando esquecemos de olhar com autocuidado para a nossa saúde, iniciamos uma desregulação hormonal em nosso organismo. Com a cobrança social, seja no trabalho, seja em casa, inicia-se, portanto, um quadro de estresse mediado pelo hormônio cortisol.
Equilibrar o hormônio cortisol no organismo diminui o estresse
×

Olá!

Selecione uma de nossas representantes ou envie um email para contato@rafaelcoelho.med.br

× Marque sua consulta